as verdades convenientes, por ssru

Esta novidade de qualquer um poder escrever o que lhe apetece no seu Blog ou Sítio da Net, escarnecendo de tudo e de todos, é coisa para tirar do sério o mais cínico ateu. “Diz-se de tudo, muitas vezes com razão, mas há opiniões que traduzem uma visão meramente patrimonial, na ignorância de que qualquer cidade apenas faz sentido enquanto espaço de sociabilidade.”

Dizem mal do que se constrói e da forma como se faz, verborreiam sobre aquilo que se destrói para dar lugar ao progresso, como se de vacas sagradas se tratassem. “Já se sabe que um projecto de arquitectura dificilmente agrada a 100% das pessoas, mas o essencial é não deixar ruir a cidade e trazer de novo habitantes de todas as classes para o centro.

Desprezam a movida do Porto acusando de só trazer benefícios para os donos dos estabelecimentos, a maioria instalados ilegalmente, dizem, mas nada fazem para melhorar as coisas, como o reabitar dos pisos superiores desses espaços de lazer e diversão. “A diversão nocturna na Baixa foi das melhores coisas que podiam ter acontecido ao Porto, e pode nascer daí um movimento cada vez mais amplo de repovoamento do centro.

Mas afinal o que é que esta gente quer? “As cidades distinguem-se pela sua cultura, diversidade, academismo, fazer casas para dormir até um Vila faz. Se já temos a diversidade populacional, se temos os eventos, se temos equipamentos, vamos apostar na cultura, no movimento, diurno e nocturno. Com comércio, com entretenimento, com licenças para abertura pela noite dentro. Há estragos no Jardim? Arranjam-se. Importante é que a movida continue, e mal se efective alargam-se os horários do metro, investe-se nos eventos para que justifiquem o custo do parque, etc.

Devia haver uma lei que proibisse estes tipos de dizer o que lhes apetece, mesmo que sejam verdades absolutas ou facilmente comprováveis, principalmente em anonimato. Afinal este país ainda é um Estado de Direito, que vive em Democracia, “…sempre a dizer mal de tudo, é incrível… Tudo é mau, porque não mudam de cidade?

Olhem, ali para Barrancos ou coisa assim!!!

Advertisements