o mapa da cidadania, por ssru

Desde o início deste trabalho que nos fazemos acompanhar por um conjunto de sítios da Internet que nos aconchegam a nossa caminhada.

Logo no primeiro momento fizemos questão que assim fosse e escrevemos: “(…)Nas últimas horas percorremos os inúmeros blogues que os diversos motores de busca nos apresentam sobre a temática da reabilitação urbana dos Centros Históricos portugueses. A linha condutora é muito idêntica em quase todos eles: revolta e indignação pelo modo como o assunto está a ser abordado pelas Autarquias e pelas SRU’s. Esta constatação apenas agrava o sentimento de que esta “moda” não é mais do que um aproveitamento político para resolver alguns problemas que, em décadas, se vão agravando: como é o caso do tecido social que aí habita, a questão da falta de qualificação profissional, formação cultural e cívica, a ’subsidiodependência’, o problema das rendas baixas e as condições dos proprietários para realizarem obras de requalificação, o apelo do imobiliário para ocupar parte nobre da cidade… Gostaríamos que o verdadeiro problema fosse apenas superficial, algo que uma próxima eleição autárquica pudesse resolver, mas lamentavelmente não é assim. Trata-se de um problema que tem atravessado várias gerações e está relacionado com os valores dos indivíduos, as suas prioridades, as diferentes formas de encarar e ‘desenrascar’ o problema. (…)”

Percebíamos desde então que os temas a tratar não se limitariam apenas à reabilitação urbana do território que ocupamos mas, antes, tudo o mais que respeita a esta qualidade de cidadão, à memória, à identidade, à cidadania. Os “blogues na discussão das cidades” têm sido um assunto incontornável nas nossas vidas e a comunicação social, assim como alguns partidos políticos, têm percebido que a tomada das decisões à escala do cidadão tem uma importância acrescida, que ultrapassa o poder do voto, complementando-o.

Cidades Pela Retoma é um local onde queremos passar a poder concretizar, em rede, os objectivos a que nos desafiamos todos os dias. É conduzido por José Carlos Mota, que escreve, entre outros sítios, nos “Amigos d’Avenida”, que tem sabido perceber as potencialidades de um movimento de cidadãos a trabalhar em conjunto e sistematizou o caminho de forma bastante profissional, explicando tudo isto e muito mais, aqui:

“Aproveitando o facto de 2011 ser o ‘ano Europeu do Voluntariado para promover mais cidadania activa’ o movimento ‘Cidades pela Retoma’ entendeu lançar o desafio de criar uma lista e um mapa geo-referenciado de ‘blogues [ou sites] de ruas, bairros, vilas ou cidades’. Esta lista não pretende ser mais do que uma sistematização dos vários espaços virtuais (blogues ou sites) promovidos por cidadãos e grupos de cidadãos que gostam de pensar de forma colectiva sobre o futuro das suas cidades. Os contributos e sugestões de blogues/sites podem ser enviados para [cidadespelaretoma@gmail.com]. Agradecemos a colaboração na divulgação desta iniciativa.”

‘NO ECONOMIC RECOVERY WITHOUT CITIES & CITIZENS’ CIVIC INITIATIVE  | ‘MOVIMENTO CIDADES PELA RETOMA’

site/blog http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/

facebook http://www.facebook.com/CidadespelaRetoma & http://www.facebook.com/NoRecoverywithoutCities

2011 global urban blogs map http://maps.google.pt/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-PT&t=h&msa=0&msid=212036379904442039670.00049a293a00fe9209620&ll=19.311143,2.460938&spn=148.469512,216.210938&z=2

Anúncios