os donos da rua, por ssru

As imagens que ilustram este artigo não são de há trinta anos atrás. Mas parecem! Há muito que não víamos as ruas da cidade assim cheias de vida, a remeter para a nossa infância e juventude. Tudo indica que a tradição ainda tem espaço e tempo para ser o que era.

Não sabemos se foram estas imagens que os eurocratas viram e que os deixou tão desvairados, a ponto de virem bater num Governo tão bom aluno, que até parece farsa daqueles tipos do faz-de-conta a querer fazer de conta que o próximo ano não é ano de eleições… Dizem eles:

“Com o novo aumento em 2014 [para €505], as perspectivas de transição para o emprego dos mais vulneráveis pode deteriorar-se numa altura em que o desemprego é ainda elevado, possivelmente agravando a já existente segmentação entre quem tem trabalho e quem não tem”

Com 505€ de remuneração, os índices de dignidade humana estão tão vulneráveis que as perspectivas para 2015 serão de uma maior clivagem entre ricos e pobres, independentemente de estes terem emprego ou não. O que continua a baralhar toda a gente é o facto da maioria dos smartphones topo de gama estarem com lista de espera para serem adquiridos. E quem diz isto diz outras coisas de topo!

Mas voltemos ao que interessa, a Baixa do Porto está animada, a fazer lembrar dias antigos. Já só faltam os milhares de habitantes que desapareceram, segundo as estatísticas dos dois últimos Censos, aí uns 25 a 30 mil. Isso é que era bonito de se ver!

donos-010nota a 31 de dezembro de 2014: ficamos muto felizes por termos inspirado a equipa camarária a desenvolver toda uma notícia para o portal Porto[.]Ponto (não, não é o blogue do David Pontes, apenas tem o mesmo nome).

Advertisements